De casa nova!

Desde nossa chegada ao Japão, há pouco mais de 9 meses, estamos morando em Toyota, na província de Aichi, cuja capital é Nagoya. Embora essa seja a província com o maior número de brasileiros no Japão, alugar um apartamento por aqui não é nada fácil, casa … é ainda pior! A burocracia é enorme e algumas imobiliárias estão exigindo um fiador Japonês – chamado do Hoshonin.

Conseguimos um apartamento para dividir com meu cunhado e sua família, mas com o passar do tempo o lugar foi tornando-se incomodamente pequeno para tanta gente, especialmente no verão, onde o ar-condicionado da casa não dava conta do “calor humano”. Dormir era praticamente impossível! 😦

No costume Japonês, quando se aluga um imóvel, no ato do contrato paga-se uma “luva”, que tem equivalência de 2 a 4 aluguéis + taxa de seguro, comissão da imobiliária, etc. A luva é, teoricamente, restituível quando o imóvel é devolvido, deduzindo-se eventuais reparos necessários com a saída do inquilino, mas …

Após 5 meses de buscas por um outro apartamento, encontramos uma empresa especializada para alugar para estudantes, empresários e estrangeiros: a Leopalace 21. São apartamentos pequenos, com seu interior projetado para ter o melhor aproveitamento de todos os espaços, no geral com 20 m². Alguns são mobiliados, além de ter Internet banda larga disponível com valor incluso no aluguel e, dependendo do contrato, as taxas de água, luz e gás por conta da Empresa.

Estamos nos sentindo como numa segunda lua-de-mel, mas dessa vez no Japão. 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.