Aquário Yokohama Sea Paradise 

Quer um passeio família? Visite o aquário de Yokohama. 🙂

   
   
Definitivamente o passeio é muito bacana e tem atrações suficientes pra ocupar o dia todo.

O Sea Paradise abriga muitas espécies de animais, dentre eles um tubarão baleia, de seis metros de comprimento, e um urso polar.

Além do show dos golfinhos, que é incrível, você poderá interagir com alguns animais, pescar em uma “fazenda” marinha (preparando e comendo o seu pescado no local) e visitar um tanque de golfinhos no qual você verá os amiguinhos de dentro de um túnel de vidro (veja as fotos acima). 🙂

Contudo, embora o aquário receba muitos visitantes diariamente, entre eles vários estrangeiros, não se pode dizer que o local está preparado para receber os estrangeiros.

Poucas são as placas com indicações em inglês (quase nenhuma, na verdade) e menos ainda são os funcionários que sabem se comunicar em outro idioma que não o japonês.

O ingresso custa ¥3,000 por pessoa (adulto) e crianças de até 3 anos, se não me engano, não pagam.

Yokohama Landmark Tower

  
Ja pensou em usar um elevador que sobe/desce se deslocando a 750 metros por minuto? Isso mesmo, são 45 km/h!

Pra ter essa experiência visite a Yokohama Landmark Tower, em Yokohama/ Kanagawa. 🙂

Dentre várias atrações (inclusive o elevador, que está registrado no Livro dos Recordes como o mais rápido do Japão) há o observatório que fica no topo da torre aos 750 metros de altitude. Do observatório é possível ver toda a cidade de Yokohama e, eventualmente, até o Monte Fuji.

Para subir até o observatório, adultos pagam ¥1000 (mil ienes) por pessoa, já idosos e crianças têm algum desconto.  

A permanência no topo não é controlada por tempo, ou seja, você pode ficar o quanto quiser desfrutando da paisagem. Há uma cafeteria estrategicamente posicionada de frente para um dos grandes janelões do observatório, com confortáveis sofás a disposição para se apreciar a vista, enquanto se consome.

Mas esteja preparado! Como em todo ponto turístico, os preços são “salgados” (um simples café preto por “míseros” ¥420 – cerca de US$4.00) e somente em dinheiro. Cartões de qualquer tipo não são aceitos!

Existem as máquinas de venda automática de café e sucos (muito mais baratinhas), mas, que não te dão o direito de usufruir dos sofás.

   
    
 
Fotos são liberadas e o povo se amontoa em frente aos janelões para tirá-las. O horário mais concorrido é o entardecer/ noite, quando se pode tirar fotos lindas do por do sol e da cidade iluminada. 🙂

Não deixe de fazer esse passeio. Pra quem gosta deste tipo de atração, vale cada segundo. 
Sabe de algum ponto turístico interessante? Compartilhe comigo, deixe seu comentário.

Um abraço e até a próxima.